Bem vindos ao Matutices Poéticas!

Bem vindos ao Matutices Poéticas!

domingo, 17 de agosto de 2014

A gente não esquece

O poeta Damião de Andrade Lima nos presenteou com esta poesia.

Eis.


Um vaqueiro cedinho na fazenda Leva o gado aboiando no caminho Um casal de rolinha sai do ninho E faz pouso nas telhas de uma tenda A tardinha mamãe costura a renda E depois de jantar reza uma prece Quando o olhos se fecham esmorece O seu corpo na cama pra dormir Tomar banho de rio e se divertir São lembranças que a gente não esquece. Dos abraços e beijos na calçada namorando no escuro escondidinho Noites quentes e troca de carinho Com a lua escondida prateada Tudo de bom vivi nessa jornada Mas o tempo carrega e quem padece Sente o tempo mudar quem envelhece E sem volta é o tempo de criança Brincadeiras de roda, riso e dança São lembranças que a gente não esquece.


Do poeta Damião de Andrade Lima

Nenhum comentário:

Postar um comentário